ecoparquelogo
contatos

UM PROJETO

iesb

APOIO:


conservation international

 

BiodiversidadeII

Cuíca (Micoureus demerarae)



Cuíca (Micoureus demerarae)

Parece ser um “rato”, mas pertence ao grupo dos marsupiais, que ocorrem em grande variedade na Austrália. Parte do desenvolvimento embrionário desta espécie ocorre fora do útero e os filhotes nascem em estagio de embrião, buscam logo os mamilos onde ficam grudados até crescer. Os filhotes de cuícas não possuem a proteção de uma bolsa, típica dos marsupiais. Outros marsupiais conhecidos da nossa região são o rato bandola (Marmosops incanus) e o gambasinha (Marmosa murina).


A Onça parda (ou Suçuarana)

A Onça parda (ou Suçuarana) é o mais adaptável de todos os gatos, podendo ser encontrados em vários tipos de clima. Possuem hábitos noturnos e diurnos e comem mamíferos de médio e grande porte (de cutia até cervos). Mesmos vivendo perto do homem, existem raríssimos relatos de ataques. Eles podem atacar animais domésticos, onde a mata é substituída por pastos e onde acham pouca comida. São animais solitários e muito tímidos, raramente vistos mesmo onde eles são comuns. As pegadas e as marcas das garras em árvores caídas servem para indicar a sua presença.

 


Macaco Prego Amarelo

O Macaco-prego-do-peito-amarelo é o maior e o mais ameaçado dos primatas do Ecoparque de Una. Eles vivem em grupos grandes de 5 à 20 animais, alimentando-se de frutas, folhas, insetos e pequenos vertebrados. Esta espécie é endêmica do sul da Bahia.

 


Bicho Preguiça-de-coleira (Bradypus torquatus)

O Bicho Preguiça-de-coleira (Bradypus torquatus) é um dos mamíferos mais raros da América do Sul. Ocorre apenas na Mata Atlântica. Vive solitário, pendurado pelos braços e pernas, com o corpo e a cabeça para baixo, alimentando-se de folhas e frutas. Sua característica mais conhecida é a lentidão. Está ameaçada de extinção por causa da caça e destruição do seu habitat. O Bicho-preguiça comum (Bradypus variegatus) também vive em nossa região.

Mico-estrela ou Sagüi (Callithrix Kuhli)


Mico-estrela ou Sagüi (Callithrix Kuhli)


É o menor primata da Bahia, com aproximadamente 450g. Vive em grupos familiares parecidos com os dos Micos-Leões-de-Cara-dourada. Além de frutas, insetos e folhas eles ingerem sucos de árvores. Seus dentes inferiores são especialmente adaptados para raspar a casca e chegar até o suco das árvores. Micos-estrela e Mico-leão-de-cara-dourada podem andar em grupos mistos durante parte do dia. Diversas espécies de sagüis são encontradas em todas as áreas de Mata Atlântica.


>>CONTINUA

 

 
Instituto de Estudos Sócio-Ambientais do Sul da Bahia Comunika - Produção em Mídia Digital e Audiovisual